Com a chegada da estação mais fria e seca do ano, muitas doenças respiratórias causadas por vírus e bactérias (como gripe, rinotraqueíte, calicivirose, asma e pneumonia) costumam surgir nos pets. Por isso, questionamos: você sabe quais são os cuidados com os animais no inverno?

As baixas temperaturas afetam tanto os humanos quantos os bichos, que precisam de uma atenção especial para não sofrer nessa estação. Todos os pet lovers precisam de precaução dobrada com os seus animais.

Mas não se preocupe! Preparamos este post para que você possa cuidar bem do seu pet no inverno. Confira!

1. Proteja o pet do vento e da chuva

O seu pet não pode ficar o tempo inteiro na chuva ou em algum lugar em que a corrente de vento seja forte. As casinhas devem estar bem protegidas das rajadas de vento e, se ele fica fora de casa, faça um telhado maior para protegê-lo. Além disso, é essencial verificar se não existem gretas ou buracos que possam deixar o ambiente mais frio ainda.

2. Evite a tosa e banhos em excesso

É muito natural que você goste de deixar o seu pet cheiroso e com uma boa tosa. Porém, os pelos dos bichinhos os protegem do frio; assim, evite tosas muito baixas durante esse período.

Outro cuidado essencial é com os banhos: evite a frequência que você costuma ter no verão. É necessário dar o banho para a limpeza, contudo, escolha dias mais quentes, utilize água morna e seque toda a sua pelagem com um secador.

3. Dê ao pet a dose de vermifugação de inverno

É muito importante de dar, anualmente, as três doses de vermifugação para o seu pet: 

  • dose de verão (janeiro a abril);
  • dose de inverno (maio a agosto);
  • dose de primavera (setembro a dezembro).

Durante o inverno, o seu bichinho costuma passar muito mais tempo dentro de casa, você concorda? Por isso, para proteger a sua saúde e também a de toda a família, é fundamental investir na dose de vermifugação de inverno.

Proteja o seu pet contra as principais verminoses e você e a sua família, das principais zoonoses. Se você não se lembra de fazer isso, não se preocupe! Cadastre-se e receba um SMS de lembrete quando estiver na hora de dar o vermífugo ao seu pet.

Além disso, você pode conferir no simulador de doses da Vermivet qual é o vermífugo ideal para o seu animal.

4. Mantenha o pet aquecido

Se você adora colocar roupas no seu pet, verifique se elas estão limpas e secas. Não deixe o tempo inteiro o animal com os agasalhos, pois ele precisa de um tempo para a pele respirar.

Cães com pelagem grossa, como o Chow Chow, Pastor Alemão e Husky Siberiano, não precisam de roupas dentro de casa. Já para cachorros com pelagem muito fina, como é o caso do Pinscher, Pug e Linguicinha, é recomendado investir em uma proteção mais quente.

5. Estimule a prática de exercícios

Os animais que ficam dentro de casa no inverno costumam comer e dormir — assim, por preguiça, não se movimentam. É essencial estimular a prática de exercícios com brincadeiras, corridas e passeios ao ar livre, que devem ser feitos em horários mais quentes do dia (entre 11 e 15 horas).

6. Certifique-se de que a consulta ao veterinário esteja em dia

Muitas pessoas costumam levar o pet ao veterinário somente quando há alguma irregularidade em sua saúde. No entanto, lembre-se de que a prevenção é a melhor maneira para garantir um pet saudável. Além disso, uma dica muito importante é o seu pet estar com o seu cartão de vacinação em dia. Isso garante a sua saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Para quem é um pet lover, é essencial prestar atenção nos cuidados com os animais no inverno. Essa estação fria prejudica a saúde do animal com as doenças respiratórias. Principalmente para os animais que ficam fora de casa os cuidados são redobrados: sempre tenha um abrigo seguro das variações de temperatura e das chuvas.

Com este post, você conferiu 6 cuidados com os animais no inverno. Aproveite o momento para ler o nosso artigo sobre a atenção que você deve ter com a cama do seu cão.