Ciclo de Vermifugação

Os vermes são um problema muito comum em nossos pets. As consequências e os sintomas que uma verminose pode causar variam de acordo com o tipo e a quantidade do parasita presente no organismo. Dentre os sintomas mais comuns temos a diarreia, fezes com sangue, falta de apetite, vômito, anemia e problemas de pelagem.

Para identificar qual verme está infectando seu animal, o exame de fezes é a maneira mais eficaz. Porém, como ele não é eliminado diariamente, é importante que se colete as fezes durante três dias consecutivos, aumentando as chances de encontrar o parasita.

O ideal é a vermifugação preventiva, de maneira periódica, afinal, muitos parasitas que acometem os pets transmitem zoonoses, ou seja, causam enfermidades nos seres humanos. Por isso, além de protegê-los, asseguramos nossa saúde também. O ciclo da vermifugação é bem simples. Para filhotes a primeira dose deve ser aplicada aos 15 dias de vida, com reforço após 15 dias. Após este esquema, a vermifugação é mensal, até o sexto mês de vida. Em animais adultos, a vermifugação deve ocorrer no mínimo 3 vezes ao ano. As cadelas prenhes devem ser vermifugadas antes da cobertura e, depois, a partir de 45 dias de gestação.

Veja os danos causados à saúde dos cães:

[trx_image url=”http://www.linhavermivet.com.br/starter442/wp-content/uploads/2015/05/verminoses-vermífugos-vermivet.jpg” link=”off” shape=”square” increment=”no”]

Não se esqueça de que estamos no período da dose de inverno. Confira os produtos, a posologia correta e proteja o seu melhor amigo.

Para maiores informações, consulte o seu veterinário.