Cuide com cuidado!

Levante a mão quem nunca medicou o seu cãozinho ou gatinho por conta própria! Por não aguentar vê-los sofrer ou pensando na agilidade de cura e facilidade de ministrar o medicamento, muitas pessoas resolvem medicar seu pet em casa mesmo. Acontece que, o resultado pode ser contrário se não houver uma avaliação e orientação do médico veterinário antes, mesmo que alguns remédios humanos contenham os mesmos princípios ativos que as versões para animais. Quando passam mal, eles precisam ser examinados clinicamente e muitas vezes precisam ser feitos exames laboratoriais para fazer o diagnóstico.

Importante lembrar que o organismo dos animais não é igual ao dos humanos e eles não metabolizam drogas da mesma maneira que nós. Por isso, muitos veterinários registram em suas clínicas casos de intoxicações e reações graves, pois os donos não são precavidos.

Outro importante cuidado é não administrar medicamento com indicação apenas para cães em gato, e vice versa. Por mais que um possa servir para o outro, sua administração deve ser guiada, com atenção às dosagens, inclusive para não ocasionar intoxicações.

Quando as questões são problemas sérios de saúde ocasionados por vermes em seu pet, os produtos da linha Vermivet podem ajudá-los a precavê-los. Existem vermífugos eficazes, para todas as raças e idades, que devem ser medicados em pelo menos três períodos durante o ano: a dose verão, dose outono e a dose primavera.

Antes de mais nada, lembre-se!
Paixão pede Proteção.